Agronegócio no Mato Grosso: perspectivas econômicas para 2018

Tempo de leitura: 3 minutos

Você tem interesse em saber quais as estimativas e perspectivas do agronegócio no Mato Grosso? Então achou o post certo!

Conhecido por ser o “celeiro do país”, o Mato Grosso é destaque em produção de grãos como milho e soja, plantação de algodão e produção de rebanho bovino. A partir disso, o governo tem reformado o Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial do Mato Grosso.

Dessa maneira, para os especialistas na área, apesar dos desafios previstos para esse ano de 2018, o agronegócio no Mato Grosso tem tudo para apresentar bons resultados.

Para isso, vamos mostrar, neste post, quais são as perspectivas em relação ao agronegócio no Mato Grosso para este ano de 2018. Acompanhe:

Previsões para o PIB

Para serem considerados nos dados do PIB (Produto Interno Bruto) são contabilizados os setores de insumos, produção agrícola, agroindústria e serviços.

Segundo a CNA (Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil), o PIB fechou em alta de 11% em 2017. Esse é o setor com mais estimativa de crescimento ao longo de 2018.

Mudanças

Com o novo ano também vieram mudanças. A primeira delas é o projeto da lei que determinará que os recursos dos municípios sejam administrados pelas cooperativas de crédito.

O objetivo é facilitar o trabalho das administrações do município, já que essas cooperativas atuam prestando serviço aos correntistas, empresas e, futuramente, ao Poder Público Municipal.

Outra mudança é a inclusão dos estágios do agronegócio e da cultura. Espera-se que esse assunto seja prioridade nas campanhas dos candidatos, pois é esse setor que funciona como base da economia nacional.

Alterações no crédito rural também são esperadas para esse ano. Com a estabilização da inflação e queda da Selic é preciso rever os encargos atribuídos nos processos de crédito agrícola.

Safras

Com a economia e clima ao seu favor, o agronegócio no Mato Grosso espera por boas notícias nas safras de grãos e algodão. Assim sendo, as produções tendem a aumentar ou ficarem estáveis, inclusive a de soja.

O café tem retomado a sua força gradativamente após sua queda no ano de 2017, já o leite e o trigo ficam com o prejuízo. Isso se dá devido à alta concorrência e competitividade.

Crescimento e mercado consumidor

Com o bom e regular volume de chuvas e clima favorável e topografia das regiões de plantio, tem sido possível aplicar novas tecnologias para plantio e colheita.

Por conta disso, o algodão tem sido campeão em procura por países como Argentina, Japão, Paquistão, Indonésia, China, Índia, Itália, Taiwan e Hong Kong. Esses estão entre os maiores consumidores e importadores de algodão do Mato Grosso.

Além disso, os olhares das indústrias de tecelagem, fiação, confecções e fornecedoras de matéria-prima têm se voltado para essa produção.

Como foi mostrado ao longo desse artigo, o setor de agronegócio no Mato Grosso tem tido muitas questões ao seu favor, como clima e dados referentes ao crescimento econômico. Com isso, as perspectivas são as melhores para este ano de 2018.

O que você espera do agronegócio e da economia do Mato Grosso? Conte para a gente nos comentários!

Sobre Contática Contabilidade

A Contática está preparada pra lhe atender. Fazemos questão que toda tributação seja conhecida e seja amplamente debatida, não temos limite de consultoria, reuniões e planejamentos tributários, são ferramentas essenciais. São por estes e outros motivos que a Contática é a primeira e única empresa contábil do Estado de Mato Grosso a possuir a certificação ISO 9001. Nossos clientes são assegurados com garantia de qualidade e satisfação. Colocamos à disposição de nossos clientes toda experiência e nosso “know-how” de 20 anos de mercado. Hoje somos sócios da RNC – Rede Nacional de Contabilidade, temos a satisfação de compartilhar conhecimento nos 23 Estados da Federação, é com orgulho que atendemos juntos a mais de 5.000 clientes em todo o Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *