Entenda a importância da variação patrimonial para o agronegócio

Tempo de leitura: 4 minutos

Ainda que não seja um termo muito usado no agronegócio e mesmo em empresas que exercem outras atividades, a variação patrimonial é um conceito muito importante no mundo dos negócios. Um termo mais usado é o de balanço patrimonial, o qual, ainda que se relacione também com patrimônio, exibe outra definição.

Neste post, abordaremos o primeiro conceito, explicando-o e mostrando sua importância para o agronegócio em particular!

O que é variação patrimonial

Antes de falar o que é variação patrimonial, abordaremos o conceito de patrimônio. Trata-se do conjunto de bens, obrigações e direitos que é usado em diferentes operações e podem pertencer às pessoas físicas e às empresas.

Quando se deseja representar graficamente o patrimônio, faz-se o balanço patrimonial. Nesse balanço, são registrados todos os bens, as obrigações e os direitos da empresa. São elementos que compõem o balanço patrimonial: ativo, passivo e patrimônio líquido.

A variação patrimonial consiste em qualquer tipo de alteração que o patrimônio sofre em sua composição quantitativa e/ou qualitativa devido a ações praticadas pela administração, em função de eventos associados ao agronegócio ou por causa de fatos imprevistos.

Essas variações podem afetar ou não o patrimônio líquido da empresa. Ou seja, a mudança nem sempre implica em danos ou benefícios para o patrimônio líquido do negócio. As variações patrimoniais são expostas na DVP (Demonstração sobre Variações Patrimoniais).

A diferença entre variação patrimonial qualitativa e quantitativa

A variação patrimonial qualitativa afeta somente a composição dos elementos patrimoniais (o ativo e o passivo). É o caso do pagamento a um fornecedor: a compra de um trator em uma fábrica, por exemplo. Nesse caso, ocorreu uma troca entre os elementos patrimoniais: saiu dinheiro do caixa (ativo) para efetuar o pagamento de um fornecedor (passivo).

Essa troca não afeta a situação líquida do patrimônio e pode acontecer entre contas do ativo, entre contas do passivo ou entre contas do ativo e do passivo.

A variação patrimonial quantitativa, por seu turno, afeta uma conta do ativo em relação a um aumento de receita patrimonial (variação patrimonial aumentativa) ou pode afetar uma conta do passivo em relação a uma despesa patrimonial (variação patrimonial diminutiva).

Também existem contas retificadoras (de correção), que não seguem a regra descrita. Porém, todas essas contas quantitativas afetam o patrimônio líquido.

Podemos resumir da seguinte forma:

  • existem dois tipos de variações patrimoniais: qualitativa e quantitativa;

  • a qualitativa não afeta o patrimônio líquido (PL);

  • a quantitativa afeta o PL e divide-se em: aumentativa, quando aumenta o patrimônio líquido (VPA), e diminutiva, quando reduz o patrimônio líquido (VPD).

Os cuidados com a variação patrimonial

É importante verificar se houve, durante o ano, variação patrimonial que afetasse o patrimônio líquido, pois no momento de declarar Imposto de Renda (IR), vai fazer uma grande diferença. Se existir variação a descoberto, o dono de um agronegócio (pessoa física) corre o risco de ser autuado pela Receita Federal, ou seja, corre o risco de cair na conhecida “malha fina”.

Para saber se existe VP a descoberto, é necessário realizar algumas contas, cujos dados são retirados da Declaração de Ajuste Anual do IR. É preciso somar as Origens e as Aplicações e conferir o resultado, confirmando se as origens realmente suportam as aplicações. Toda vez que essa diferença é negativa significa que existe variação patrimonial a descoberto.

O ideal, seja para o gestor de agronegócio, seja para o próprio agronegócio, é contar com a ajuda de uma empresa de contabilidade bem-conceituada no mercado para calcular a VP, seja qualitativa, seja quantitativa. É muito importante, para qualquer empresa (de natureza urbana ou rural), manter sob controle tudo que se refere ao seu patrimônio. Não basta realizar o balanço patrimonial, gerenciar as variações que ele sofre ao longo de um período é importante para saber se seu agronegócio realmente está com boa saúde financeira.

Você já avalia corretamente a variação patrimonial do agronegócio que gerencia? Aproveite para entender mais sobre a contabilidade rural e sua importância para o agronegócio.

Sobre Contática Contabilidade

A Contática está preparada pra lhe atender. Fazemos questão que toda tributação seja conhecida e seja amplamente debatida, não temos limite de consultoria, reuniões e planejamentos tributários, são ferramentas essenciais. São por estes e outros motivos que a Contática é a primeira e única empresa contábil do Estado de Mato Grosso a possuir a certificação ISO 9001. Nossos clientes são assegurados com garantia de qualidade e satisfação. Colocamos à disposição de nossos clientes toda experiência e nosso “know-how” de 20 anos de mercado. Hoje somos sócios da RNC – Rede Nacional de Contabilidade, temos a satisfação de compartilhar conhecimento nos 23 Estados da Federação, é com orgulho que atendemos juntos a mais de 5.000 clientes em todo o Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *