Entenda como fazer a conciliação bancária e por que ela é importante

Tempo de leitura: 3 minutos

Na hora de controlar os gastos de uma empresa, a conciliação bancária é uma peça-chave. Fazer uma comparação do extrato bancário do empreendimento com o seu controle interno é essencial para organizar um planejamento financeiro efetivo.

Afinal de contas, como se estabelecer em mercados cada vez mais competitivos sem saber exatamente o quanto entra e o quanto sai no seu negócio? Apesar de sua importância, não é raro encontrar empreendedores e donos de negócios que subestimem o valor da conciliação bancária.

Você não gostaria de cometer tal deslize, não é? Que tal aprender mais sobre a conciliação bancária? Continue a ler este texto!


A importância da conciliação bancária

A conciliação bancária trata-se, em suma, da apreciação total do saldo de uma empresa em determinada data. Fazendo uma comparação do saldo em contas bancárias em movimento com um extrato bancário (ou seja, uma informação externa), torna-se viável ter uma noção realista de qual a situação financeira da empresa e como melhorá-la.

Assim, o expediente pode ser o primeiro lance para estabelecer os próximos passos da empresa, principalmente em relação à tomada (ou não) de empréstimos futuros, a feitura de investimentos e financiamentos, tanto quanto as negociações de dívidas.

Por isso, ela é de extrema importância para a saúde financeira de um negócio.


Os passos para fazer a conciliação bancária

Agora você já sabe como é relevante manter uma composição efetiva dos dados bancários, certo? Resta apenas saber como programar isso de forma efetiva na sua gestão. Veja aqui as principais atitudes e serem tomadas por quem deseja organizar suas contas:


Faça uma coleta de dados

Para ter uma boa conciliação financeira, é necessário anotar todas as operações bancárias feitas na sua empresa, tanto de saídas quanto de entradas de dinheiro — em todas as contas bancárias movimentadas pela empresa. Esse controle interno será o primeiro esboço do seu controle financeiro.

De preferência, esse recolhimento de dados deverá ser feito por um profissional específico, em dado período pré-estabelecido. Comumente, a coleta é feita diária ou semanalmente.


Analise as contas envolvidas

O próximo passo é examinar o saldo do controle interno feito pela empresa com o extrato das contas abrangidas no período. É válido conferir se todos os valores das movimentações batem; e, se não for assim, como e onde ocorreu um ocasional problema. Depois, atualize as informações no seu controle interno, a fim de não haver divergências.

Não se esqueça de também conferir as datas de lançamentos, para que tudo seja pago nas datas e nos valores apropriados.


Guarde os documentos

É fundamental, por fim, guardar as notas fiscais, recibos e outros documentos relevantes das transações. Isso porque, depois de um dado andamento, toda a conciliação deve seguir para uma verificação de contabilidade, que vai checar se todos os dados do negócio de fato estão adequados. Além disso, caso ocorra algum problema com o recebimento de dinheiro, esses documentos servirão como comprovantes.

A conciliação bancária é uma das ferramentas principais para identificar eventuais pontos fracos da vida financeira de uma empresa. Se realizada corretamente, pode otimizar muito o fluxo de caixa do estabelecimento. Dessa forma, implantá-la de forma efetiva na empresa é uma grande vantagem sobre outros negócios que estão alheios a tal expediente.

Gostou do texto? Então deixe um comentário mostrando como a conciliação bancária ajudou o seu negócio!

Sobre Contática Contabilidade

A Contática está preparada pra lhe atender. Fazemos questão que toda tributação seja conhecida e seja amplamente debatida, não temos limite de consultoria, reuniões e planejamentos tributários, são ferramentas essenciais. São por estes e outros motivos que a Contática é a primeira e única empresa contábil do Estado de Mato Grosso a possuir a certificação ISO 9001. Nossos clientes são assegurados com garantia de qualidade e satisfação. Colocamos à disposição de nossos clientes toda experiência e nosso “know-how” de 20 anos de mercado. Hoje somos sócios da RNC – Rede Nacional de Contabilidade, temos a satisfação de compartilhar conhecimento nos 23 Estados da Federação, é com orgulho que atendemos juntos a mais de 5.000 clientes em todo o Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *