Índice de endividamento: saiba como calculá-lo na sua empresa

Tempo de leitura: 3 minutos

Para uma empresa conseguir permanecer no mercado, ela necessita de capital de giro e, muitas vezes, para ter esse capital a alternativa é recorrer a empréstimos ou financiamentos, ou seja, capital de terceiros. Para analisar até que ponto esses empréstimos são favoráveis à empresa é preciso calcular o seu índice de endividamento.

Esse índice mostrará o quanto é necessário que a empresa contraia dívidas para que possa continuar com seu negócio. Para isso, existem duas formas mais utilizadas de calcular o índice de endividamento.

Quer saber o que isso significa para a sua empresa? Continue lendo e descubra!

O índice de endividamento

São dois os principais índices utilizados para calcular o endividamento. O primeiro deles é o EG (índice de endividamento geral) e o segundo é a CE (composição do endividamento).

O EG representa a quantidade de ativos que a empresa possui, mas que estão financiados por capital de terceiros. Já a CE mostra como é contratado o capital de terceiros, se esses recursos foram financiados a curto ou a longo prazo.

O cálculo

O cálculo do índice de endividamento geral é realizado de forma simples: todas as informações são retiradas do balanço patrimonial, e você poderá coletar esses dados diretamente com o profissional de contabilidade.

Com as informações referentes aos ativos e passivos da empresa em mãos é fácil realizar o cálculo. Veja um exemplo:

Suponha que a sua empresa possui ativos no valor de R$ 100.000,00 e passivos no valor de R$ 65.000,00, sendo R$ 40.000,00 a longo prazo e R$ 25.000,00 a curto prazo. Para chegar ao índice de endividamento geral utilize a seguinte fórmula:

EG = (PT/ATT) x 100 (ATT = ativos totais; PT = passivos totais)

Agora, substituindo pelos valores:

EG = (65.000,00/100.000,00) x 100 = 65%

Significa que o grau de dependência da empresa em relação aos recursos de terceiros é de 65%. Teoricamente, quanto menor esse índice, melhor para a empresa, pois o seu nível de inadimplência tende a ser menor.

Para calcular a composição do endividamento serão usadas as mesmas informações, porém de uma forma um pouco diferente, sendo utilizada a seguinte fórmula:

CE = (passivo a curto prazo/passivos totais) x 100

Substituídos os valores:

CE = 25.000/65.000 = 38,46%

Portanto, 38,46% das dívidas adquiridas deverão ser liquidadas em curto prazo e, por isso, demandam maior atenção, já que isso influenciará diretamente na liquidez da empresa. Teoricamente, quanto menor for esse índice, melhor será para a empresa, pois representa um prazo maior para pagar suas dívidas.

A avaliação do resultado

De modo geral, apenas os percentuais não solucionarão todos os problemas. Nesse sentido, saber avaliar e entender a composição do cálculo é muito importante.

Ao entender o balanço patrimonial será possível visualizar o que está aumentando ou diminuindo o índice de endividamento. Em uma visão geral, percentual maior que 70% no EG é um sinal de alerta à saúde financeira da empresa. Demonstra sua grande dependência dos recursos de terceiros.

Com o auxílio de um profissional de contabilidade você pode tomar decisões que mudarão os índices de sua empresa. O índice de endividamento é uma ferramenta gerencial para ser utilizada na tomada de decisões do seu negócio, a fim de melhorar os seus resultados.

Vale salientar que nenhuma decisão deve ser tomada de forma isolada. O índice de endividamento deve ser analisado juntamente com todas as informações pertinentes à saúde financeira da empresa.

Gostou das informações? Deixe sua opinião e não esqueça de nos contar quais são as práticas que você utiliza para avaliar a situação da sua empresa.

Sobre Contática Contabilidade

A Contática está preparada pra lhe atender. Fazemos questão que toda tributação seja conhecida e seja amplamente debatida, não temos limite de consultoria, reuniões e planejamentos tributários, são ferramentas essenciais. São por estes e outros motivos que a Contática é a primeira e única empresa contábil do Estado de Mato Grosso a possuir a certificação ISO 9001. Nossos clientes são assegurados com garantia de qualidade e satisfação. Colocamos à disposição de nossos clientes toda experiência e nosso “know-how” de 20 anos de mercado. Hoje somos sócios da RNC – Rede Nacional de Contabilidade, temos a satisfação de compartilhar conhecimento nos 23 Estados da Federação, é com orgulho que atendemos juntos a mais de 5.000 clientes em todo o Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *