Mato Grosso: conheça seu perfil econômico e aposte no Estado

Tempo de leitura: 3 minutos

Considerado uma potência no Centro-Oeste, o Mato Grosso vem se destacando, desde a última metade do século XX, pela agropecuária. Impulsionado pela Revolução Verde, o Estado hoje se destaca como um dos celeiros do Brasil.

Cerca de 30% da atividade econômica do Mato Grosso gira em torno da agropecuária. Pouco mais de 15% pertence à indústria. Já o setor de serviços domina com 55%. Contudo, é importante deixar claro que grande parte do setor terciário se sustenta com a atividade de agropecuária.

A seguir, veja com mais detalhes o perfil econômico do Mato Grosso para apostar com segurança no Estado!

Cidades turísticas: é o Mato Grosso sendo procurado

Em 2017, o Ministério do Turismo (MT) inseriu 17 novos municípios do Mato Grosso na categoria de turísticos. A maior procura segue sendo para a capital Cuiabá, enquadrada na categoria A. Vale lembrar que o MT separa os municípios nas categorias A, B, C, D e E, sendo que a ordem de importância é decrescente. 

Além de Cuiabá, a região de Cáceres é bastante procurada. Tal fato se justifica por ela está perto do Parque Nacional do Pantanal, considerado Patrimônio Natural Mundial pela UNESCO. 

Além desses, destaque para Várzea Grande, Sinop, Barra das Garças, Rondonópolis e o de Chapada dos Guimarães. Todos eles são enquadrados na categoria B. 

Exportações: destaque para soja e carne bovina

No Mato Grosso, quando o assunto é exportação, não tem para ninguém. Responsável por quase 50%, a soja domina. Além disso, 22% representa o óleo de soja e os derivados de sua extração. 

Com pouco menos de 10%, em 3º lugar, aparece a carne bovina. Na lista de produtos mais exportados, ainda aparecem o milho em grão e o algodão. Ao todo, estima-se um ganho de 7,8 bilhões de dólares.

Importações: domínio de adubos e fertilizantes

Na parte de importações, adubos e fertilizantes representam 80% do total. Tal fato ocorre por esses produtos serem responsáveis por viabilizar o cultivo de soja no estado. Eles, inclusive, foram bastante aprimorados na década de 1960, período que ficou conhecido por Revolução Verde. Nessa época, houve a famosa expansão na fronteira agrícola e o consequente povoamento do centro-oeste brasileiro. 

Além de adubos e fertilizantes, há a importação de máquinas e equipamentos. Ademais, existem o ferro e o aço, além do fosfato de cálcio. O fosfato, inclusive, é responsável pelo aumento do PH do solo do cerrado, o que também favorece o cultivo da soja.

Setor de serviços: ligado ao agronegócio

Em novembro de 2017, o setor de serviços cresceu 56% no Mato Grosso em relação ao mesmo mês em 2016. Tal fato evidencia a força do setor terciário no estado. Entretanto, não devemos nos esquecer de que esse crescimento está relacionado ao agronegócio

A instalação de restaurantes e de hotéis, além da comercialização de produtos têm origem no sucesso do setor primário. Além disso, outras consequências são geradas, como a origem de novos municípios e o aumento do turismo. 

Agora que você já sabe tudo sobre o perfil econômico do Mato Grosso e em quais áreas você pode investir, que tal compartilhar este artigo nas redes sociais? Garanto que muitos dos seus amigos gostariam de saber mais sobre os riscos de investimento neste estado.

Sobre Contática Contabilidade

A Contática está preparada pra lhe atender. Fazemos questão que toda tributação seja conhecida e seja amplamente debatida, não temos limite de consultoria, reuniões e planejamentos tributários, são ferramentas essenciais. São por estes e outros motivos que a Contática é a primeira e única empresa contábil do Estado de Mato Grosso a possuir a certificação ISO 9001. Nossos clientes são assegurados com garantia de qualidade e satisfação. Colocamos à disposição de nossos clientes toda experiência e nosso “know-how” de 20 anos de mercado. Hoje somos sócios da RNC – Rede Nacional de Contabilidade, temos a satisfação de compartilhar conhecimento nos 23 Estados da Federação, é com orgulho que atendemos juntos a mais de 5.000 clientes em todo o Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *