Como o excesso de burocracia pode atrapalhar a sua gestão empresarial?

Tempo de leitura: 3 minutos

Muitas vezes temos a impressão de que a gestão empresarial é uma atividade desenvolvida de maneira fácil, aleatória, sem planejamentos ou sem a utilização de métodos específicos. Por outro lado, há também a ideia errônea de que a burocratização excessiva no processo de gestão não é o bastante para prejudicá-lo e pode até ajudar.

Mas o bom gestor, com olhar crítico e inovador, deve compreender como a burocratização atrapalha no desdobramento de estratégias e, inclusive, nos desenvolvimento de pontos que visam a melhoria da empresa.

A burocracia, conforme artigo publicado no site Exame.com, transforma as pessoas em tecnocratas controlados por regras, embarga o andamento de processos, abafa o dinamismo das empresas e sufoca a competitividade do mercado.

A seguir mostraremos como o excesso de burocracia é empregado no funcionamento das empresas e como eles o prejudicam. Acompanhe a leitura e aguce seu olhar crítico sobre o tema!


Como lidamos e sofremos com a burocracia?

Geralmente não costumamos bater de frente com ela, no máximo a questionamos. Talvez por nos sentirmos impotentes diante dela ou estarmos acomodados na situação. O formalismo, em grau excessivo, acaba tornando-se costume na gestão empresarial, sendo levado adiante por anos sem que os gestores percebam, muitas vezes, os entraves que ele traz.

O ramo que mais sofre com a burocracia é o do pequeno empreendedor, que a enfrenta em peso em todas as etapas do desenvolvimento de seu negócio, da abertura da empresa à sua consolidação e crescimento, embora a criação de novos regimes tributários esteja facilitando a vida dessas empresas em relação a tempos anteriores — e ainda mais burocráticos.


Por que a burocracia atrapalha tanto a gestão empresarial?

Presos a ideias engessadas, não só os gestores como demais funcionários da empresa impedem a circulação de novos métodos e modos de fazer modernizados com o tempo, que podem ser amplamente facilitadores. Fatores externos, como os vindos do sistema tributário, em conjunto com burocracias internas das empresas, formam o pacote de rigidez que estagna o mercado nacional.

Para o presidente do Sebrae, Guilherme Afif, segundo coluna do site da publicação Pequenas empresas & grandes negócios, tanto a burocracia quanto as políticas fiscais exterminam o empreendedorismo brasileiro, fazendo com que o empreendedor lide não com uma barreira, mas com um muro com eletrochoque.


Como ela prejudica o desenvolvimento da empresa?

A burocracia, dificultando processos, impede que novidades que podem trazer benefícios sejam empregadas, muitas vezes sequer mencionadas nas tomadas de decisões. E não se alinha à correria e modernidade dos tempos atuais, em que a espera por resultados não pode ser longa.


Como combater a burocracia?

Primeiramente, devemos ter em mente que combater a burocracia implica na quebra de paradigmas.

Essa, por sua vez, é composta por diversos fatores, como: capacitação da equipe, que deve estar sempre atualizada; mais autonomia para gestores, sem que tenham que consultar seus superiores na tomada de algumas decisões; diminuição de afazeres, como reuniões que não sejam realmente necessárias; entre outros aspectos que desviem da rigidez costumeira e otimizem o uso do tempo.

Buscando informações que nos ajudem a alcançar a flexibilidade, em contrapartida à burocracia na gestão empresarial, boas oportunidades não serão mais perdidas e resultados desejados serão alcançados de maneira descomplicada.

Além da gestão empresarial, há outros temas que podem interessar para o seu negócio: saiba como priorizar despesas em tempos de crise e também conheça a importância de uma consultoria contábil eficiente para sua empresa!

Sobre Contática Contabilidade

A Contática está preparada pra lhe atender. Fazemos questão que toda tributação seja conhecida e seja amplamente debatida, não temos limite de consultoria, reuniões e planejamentos tributários, são ferramentas essenciais. São por estes e outros motivos que a Contática é a primeira e única empresa contábil do Estado de Mato Grosso a possuir a certificação ISO 9001. Nossos clientes são assegurados com garantia de qualidade e satisfação. Colocamos à disposição de nossos clientes toda experiência e nosso “know-how” de 20 anos de mercado. Hoje somos sócios da RNC – Rede Nacional de Contabilidade, temos a satisfação de compartilhar conhecimento nos 23 Estados da Federação, é com orgulho que atendemos juntos a mais de 5.000 clientes em todo o Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *